Exposies

VERBO 2015

DE 16/06/2015 - 11/07/2015 A

 

(2015)

VERBO 2015
MOSTRA DE PERFORMANCE ARTE – 11ª ED
16 de junho a 11 de julho

São Paulo, maio de 2015 – A 11ª edição da Mostra de Performance Arte VERBO, da Galeria Vermelho, acontece entre os dias 16 de junho e 11 de julho e apresenta o trabalho de 37 artistas. A Verbo 2015 contará com artistas de 11 países, como Alemanha, Holanda, Argentina, Suíca, Coréia do Sul, Holanda, Espanha, Itália, Portugal, Dinamarca e Brasil. Além dos artistas selecionados na convocatória (isso é, que enviaram seus projetos para a seleção da Verbo), a mostra apresentará também projetos de artistas convidados, como Ana Montenegro e Marco Paulo Rolla (Brasil), Caetano Dias (Brasil), Enrique Ježik (Argentina), Goeun Bae (Coréia do Sul), Julio Falagán (Espanha), Lia Chaia (Brasil), Lilibeth Cuenca Rasmussen (Dinamarca), Maurício Ianês (Brasil), Pipa (Brasil), Rose Akras (Brasil), entre outros. Mais informações no site da VERBO: www.galeriavermelho.com.br/pt/verbo
Conheça a programação de performances e vídeos abaixo:

16/06
terça-feira

14 – 22h
Karime Nivoloni, Mariana Molinos, Maryah Monteiro e Valeska Figueiredo [Brasil]
Exposição da Pessoa
Performance
Uma performer dá início ao seu trabalho, cola a etiqueta descritiva da obra, bate o cartão de ponto, e entra no espaço destinado especificamente para a obra. Uma vez em seu espaço, o artista deve, durante uma hora, mover-se e falar ininterruptamente até que sua jornada de trabalho finde e entre em seu lugar um outro artista que dará seguimento a ação. No aprisionamento dado pela obra, a regra é atuar na falta ou no excesso de sentido, esmagado pela necessidade da criatividade, restrito a um tempo, a um espaço e a uma condição: de peça substituível. Em uma ação que transcorre por 8 horas, “Exposição da Pessoa” trata da coisificação do ser humano, especialmente do artista, e questiona o valor e desvalorização de seu trabalho.

20 - 23h
Maurício Ianês [Brasil]
Estância
Performance
Na ação “Estância”, Ianês permanecerá deitado, no escuro, por quatro horas diárias dentro de uma cabine pintada de preto por dentro e por fora, especialmente desenhada e construída para a obra. Ianês estará vestindo calças e uma camiseta preta, com os pés descobertos. Os visitantes poderão habitar pelo período que quiserem, durante o tempo da ação, esta cabine, junto com ele. Dadas as dimensões da cabine, os corpos de Ianês e das/dos participantes serão colocados em proximidade, em uma situação física e emocional desconfortável. Uma vez que um(a) visitante se acomode dentro da cabine, será iniciado entre os dois um diálogo bastante informal e cotidiano, explorando assim as mudanças de comportamento social que a situação impõe sobre as duas pessoas. Os gestos e movimentos de ambos serão limitados pelas dimensões estreitas da cabine e pela proximidade de seus corpos.

14 - 23h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

20:30
Rose Akras [Brasil - Holanda]
Efêmero, Constante, Início, Fim
Performance

20 – 23h
Olyvia Victorya Bynum [Brasil]
O mito da diversidade étnica: Verbo 2015, Galeria Vermelho.
Performance
A performer chega ao local da ação vestindo uma camiseta e uma calça, uma mochila, tênis. Em seguida ela abre a mochila e tira vários lenços e colares coloridos que dispõe ao seu redor de forma circular. Após esvaziar a mochila, a artista tira suas roupas e amarra os lenços de diferentes maneiras no seu corpo, pinta seu corpo todo, cria um turbante com uma sobreposição de lenços, coloca colares, um por um, seguindo a ordem do círculo. Por fim, coloca o tênis e a mochila e como um visitante regular, percorre a exposição.

20 – 23h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.

21 - 23h
Rodolpho Parigi [Brasil]
Fancy Violence: Levitacíon | Uma performance escultórica
Performance Fancy Violence
Num truque de ilusionismo, Fancy Violence “levita” como uma escultura suspensa, somente seu cabelo toca a superfície que está sob seu corpo.

18/06
quinta-feira

20 - 23h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

20h
Lia Chaia [Brasil]
Palestra
Performance
Na performance-palestra, Lia Chaia reencena trabalhos anteriores, agregando a eles novos contornos.
20:30h
Rose Akras [Brasil - Holanda]
Efêmero, Constante, Início, Fim
Performance

21h
Clara Saito [Suíça]
The Title is a Drawing. The Drawing is an Undefined Network.
Performance
Como estabelecer conceitos teóricos para uma prática que pretende evitar regras? Como manter prática e conceitos anárquicos no âmbito da criação? Como fugir de sistemas já estabelecidos? Como permitir que uma teoria preserve em si a possibilidade de auto sabotagem? Essas são algumas das questões que permearam o processo de criação de “The Title is a Drawing. The Drawing is an Undefined Network”.

20 – 23h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.

23/06
terça-feira

20 - 23h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

20h
Doina Kraal (Holanda)
Touche-à-Tout
Instalação multimedia portátil e performance
Touche-à-Tout é uma instalação multimídia portátil com a qual o artista Doina Kraal tem viajado da Ásia à Oceania, da América do Norte à América do Sul e da África de volta para Amsterdã. Traços dessas viagens tornam-se visíveis no trabalho que conta ainda com uma performance da artista.

20h40
Liv Schulman [Argentina]
El Método Covensky
Performance
A linguagem e a escrita constituem as principais ferramentas no trabalho da artista argentina Liv Schulman. Em sua obra, Schulman emprega diferentes formas de consciência coletiva, submissão e sociabilidade. No projeto El Método Covensky, Schulman emprega a técnica desenvolvida por Mr Covensky, um personagem controverso que, nos anos 90 criou um método motivacional para empresas que emprega o corpo dos empregados para gerar uma forma particular de consciência. O projeto reconstrói sessões míticas de Covensky no qual o corpo do observador se transforma em escultura viva.

21h30
Goeun Bae [Coréia do Sul]
Solitary Dance
Performance
Solitary Dance constitui um comentário acerca do papel da mulher na sociedade contemporânea.

20 – 23h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.
30/06
Terça-feira

20 - 23h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

20h30
Jorge Soledar [Brasil]
Roda
Performance

21h
Renan Marcondes [Brasil]
Formulações ao Insuporte
Performance
Formulações ao Insuporte discute os limites de uma objetivação dominadora da natureza. Simulando um experimento a partir de ações muito corriqueiras com objetos, a performance vai gradualmente evidenciando os limites entre a forma de determinados objetos e a forma do corpo. Os limites surgem pelas diferentes resistências dos corpos (do performer e dos objetos) e pela recusa constante da informação que cada ação realizada pressupõe. Ao criar uma série de desacordos a partir da imagem que temos do corpo humano, Formulações ao Insuporte acaba por apontar para os objetos que compõem a performance, pois talvez eles também tenham suas imagens mediadas pela cultura. Esvaziados de seus significados prévios, os objetos ganham novas possibilidades de significação e relação.

20 – 23h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.

02/07
Quinta-feira
20 - 23h
20 - 23h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

20 - 23h
Camila Cañeque [Espanha]
An Invitation to Violence
Performance
É a performance de uma atitude. É destinada a acontecer somente em ambientes fechados. É uma cena ao ar livre. É uma separação entre o público e o privado. É um espaço de segurança. É uma exibição asséptica.
É um trabalho. É uma imagem de férias. É uma declaração de passividade. É uma sugestão de atividade.
É uma máquina de desconforto. É uma encenação da indiferença. É um momento de poder. É um espelho.
É Um convite à violência.

20h
Doina Kraal (Holanda)
Touche-à-Tout
Instalação multimedia portátil e performance
Touche-à-Tout é uma instalação multimídia portátil com a qual o artista Doina Kraal tem viajado da Ásia à Oceania, da América do Norte à América do Sul e da África de volta para Amsterdã. Traços dessas viagens tornam-se visíveis no trabalho que conta ainda com uma performance da artista.

20h40
Lilibeth Cuenca Rasmussen [Dinamarca]
Mikado
Performance com a participação do público
Em Mikado o público é convidado a participar do jogo junto com os bailarinos participantes.
O jogo requer consciência corporal, colaboração e questiona o papel do público.

21h40
No barraco da Constância tem! [Brasil]
Piragem etnográfica do complexo: possibilidades outras de existência - um corpo como campo de forças atravessado por mil correntes e tensões.
Dramaturgia, direção e performance: Ariel Volkova, Honório Félix, Tayana Tavares, William Pereira Monte e Wladimir Cavalcante.
Música: Ariel Volkova, Honório Félix, Liana Cavalcante, Tayana Tavares, William Pereira Monte e Wladimir Cavalcante
Arranjo e mixagem: Wladimir Cavalcante
Texto: Félix Guattari, Gilles Deleuze e William Pereira Monte
Vídeo: Trio A, de Yvonne Rainer
Colaboração artística: Bio Falcão

20 – 23h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.

07/07
Terça-feira
20 - 23h

20 - 23h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

20 - 23h
Maurício Ianês [Brasil]
Estância
Performance
Na ação “Estância”, Ianês permanecerá deitado, no escuro, por quatro horas diárias dentro de uma cabine pintada de preto por dentro e por fora, especialmente desenhada e construída para a obra. Ianês estará vestindo calças e uma camiseta preta, com os pés descobertos. Os visitantes poderão habitar pelo período que quiserem, durante o tempo da ação, esta cabine, junto com ele. Dadas as dimensões da cabine, os corpos de Ianês e das/dos participantes serão colocados em proximidade, em uma situação física e emocional desconfortável. Uma vez que um(a) visitante se acomode dentro da cabine, será iniciado entre os dois um diálogo bastante informal e cotidiano, explorando assim as mudanças de comportamento social que a situação impõe sobre as duas pessoas. Os gestos e movimentos de ambos serão limitados pelas dimensões estreitas da cabine e pela proximidade de seus corpos.

20 – 23h
Fernando Audmouc [Brasil]
Subexisto
performance
Artista Convidada: Isabela Cesário
Subexisto integra uma série de trabalhos criados a partir de 2012 que abordam o confronto entre a cidade e o corpo.

20h30
Ana Montenegro e Marco Paulo Rolla [Brasil]
Fôlego
Performance
Partitura: Wilson Sukorski
A performance propõe uma paisagem sonora hipnótica com sons repetitivos, incômodos, pequenas pausas e longos silêncios. Os rostos cobertos e o uso de dois signos contraditórios (sapatos femininos e roupas masculinas) sugerem uma reflexão sobre a identidade, a realidade e a ficção nas relações. Juntos, os dois signos criam um paradoxo, esvaziados pelo choque de sua copresença. A identidade sexual e as normas sociais são quebradas. Corpos isolados, fechados, sem uma identidade fixa. Os seres híbridos desconstroem a identidade e o gênero e abrem múltiplas possibilidades no campo do sensível, entre imagem, som e espaço; apagamento e reconstrução; folego, asfixia e respiração.

21h30
Felipe Norkus e Gustavo Torres [Brasil]
Despeço
performance
Em Despeço, Felipe Norkus e Felipe Torres se apropriam de imagens e sons concebidos originariamente com outros significados e para outros fins e criam novas narrativas.

20 – 23h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.

09/07
Quinta-feira

17 - 21h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

17 - 21h
Maurício Ianês [Brasil]
Estância
Performance
Na ação “Estância”, Ianês permanecerá deitado, no escuro, por quatro horas diárias dentro de uma cabine pintada de preto por dentro e por fora, especialmente desenhada e construída para a obra. Ianês estará vestindo calças e uma camiseta preta, com os pés descobertos. Os visitantes poderão habitar pelo período que quiserem, durante o tempo da ação, esta cabine, junto com ele. Dadas as dimensões da cabine, os corpos de Ianês e das/dos participantes serão colocados em proximidade, em uma situação física e emocional desconfortável. Uma vez que um(a) visitante se acomode dentro da cabine, será iniciado entre os dois um diálogo bastante informal e cotidiano, explorando assim as mudanças de comportamento social que a situação impõe sobre as duas pessoas. Os gestos e movimentos de ambos serão limitados pelas dimensões estreitas da cabine e pela proximidade de seus corpos.

17 - 21h
Felipe Salem [Brasil]
Dominação do mundo em um processo muito lento
performance
Na obra, o artista constrói uma instalação na qual o observador é alvo da sua crítica.

18h
Marc Davi [Brasil]
Ensaio para um corpo
Em Ensaio para um corpo uma série de ações são fragmentadas por espelhos ou potencializadas por construções escultóricas transitórias que se aglutinam a fim de constituir um discurso sobre a construção do corpo como imagem: uma vez que o corpo real é inapreensível, o que se torna acessível são algumas percepções conscientes e inconscientes geradas a partir das experiências parciais que esse mesmo corpo possibilita.

18:45h
Manoela Medeiros [Brasil]
O Lugar do Ar
Performance

19h
ERRO Grupo [Brasil]
Com Luana Raiter, Luiz Henrique Cudo, Pedro Bennaton e Sarah Ferreira
5º Bloomsburied
Performance
Bloomsburied é o título de uma série de leilões de arte auto-beneficente que acontece com a captação, compra, venda e consignação das próprias obras performáticas ou não do ERRO Grupo.

17 – 21h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.

10/07
Sexta-feira
20 - 23h

20 - 23h
Pipa [Brasil]
Comidas da Rua
Performance
A partir de ingredientes encontrados nas ruas da cidade de São Paulo, Pipa criará um cardápio diferente composto por pratos e drinks que serão vendidos durante as noites da Verbo 2015.

20 - 23h
Maurício Ianês [Brasil]
Estância
Performance
Na ação “Estância”, Ianês permanecerá deitado, no escuro, por quatro horas diárias dentro de uma cabine pintada de preto por dentro e por fora, especialmente desenhada e construída para a obra. Ianês estará vestindo calças e uma camiseta preta, com os pés descobertos. Os visitantes poderão habitar pelo período que quiserem, durante o tempo da ação, esta cabine, junto com ele. Dadas as dimensões da cabine, os corpos de Ianês e das/dos participantes serão colocados em proximidade, em uma situação física e emocional desconfortável. Uma vez que um(a) visitante se acomode dentro da cabine, será iniciado entre os dois um diálogo bastante informal e cotidiano, explorando assim as mudanças de comportamento social que a situação impõe sobre as duas pessoas. Os gestos e movimentos de ambos serão limitados pelas dimensões estreitas da cabine e pela proximidade de seus corpos.

20 - 23h
Felipe Salem [Brasil]
Dominação do mundo em um processo muito lento
performance
Na obra, o artista constrói uma instalação na qual o observador é alvo da sua crítica.

14 – 23h
Enrique Ježik (Argentina)
81 Prisões
2015
Performance
Construção de um mapa no qual o artista e um grupo de ex presidiários revelam os presídios do estado de São Paulo.

20 - 23h
Olyvia Victorya Bynum [Brasil]
O mito da diversidade étnica: Verbo 2015, Galeria Vermelho.
Performance
A performer chega ao local da ação vestindo uma camiseta e uma calça, uma mochila, tênis. Em seguida ela abre a mochila e tira vários lenços e colares coloridos que dispõe ao seu redor de forma circular. Após esvaziar a mochila, a artista tira suas roupas e amarra os lenços de diferentes maneiras no seu corpo, pinta seu corpo todo, cria um turbante com uma sobreposição de lenços, coloca colares, um por um, seguindo a ordem do círculo. Por fim, coloca o tênis e a mochila e como um visitante regular, percorre a exposição.

21h
Márcio Carvalho [Portugal]
Now - An impossible presence #2 ou Há Quanto Tempo foi Agora?
Performance
A performance pretende olhar para o tempo/espaço contido no agora como "impossivel", como um produto de nossas memórias, que enfrentam múltiplos processos que envolvem aparecimento, esquecimento e reaparecimento. A performance tenta especular como as memórias vem e vão - não só como o presente é dependente dessas memórias mas como o exercício de relembrar pode envolver formas de ficção que por sua vez moldam a realidade presente e projeta futuros concretos.

21h30
Estela Lapponi [Brasil]
Antimusa – without shadow of doubt
performance
Colaboração de Neca Zarvos
Na obra, a artista se multiplica em hostess, cantora e dançarina para abordar questões como a liberdade, o fracasso, o erro, a festa, a rendição e a coexistência.

20 – 23h
Alex Cassimiro, Andrez Lean Ghizze, Caio, Eidglas Xavier, Mavi Veloso, Teresa Moura Neves [Brasil]
preta
Performance
preta pretende criar dentro do espaço da VERBO 2015 um ambiente de experimentação, a partir da visualidade que aparece nas burcas criadas pelo artista Alex Cassimiro. A partir dessa indumentária, preta propõe uma ocupação espacial que investiga estados performativos e tensões entre performer e os visitantes da mostra.

PROGRAMAÇÃO DE FILMES E VÍDEOS:

17/06
10 - 19h

César Meneghetti [Brasil]
There is a Future in our Past
Video, cor, 4’15’’
Um homem entra nas águas do rio Danúbio, um mergulho num percurso ancestral. Na performance para o vídeo THERE IS A FUTURE IN OUR PAST o artista busca uma outra narrativa que releia o passado no presente. Realizada na fronteira tríplice da Eslováquia, Áustria e Hungria na cidade natal de sua avó materna Čunovo (SK), Sandorf (DE) ou Danacsún (HU) às margens do Danúbio – ao confrontar a trivialidade da ação como um gesto de busca, de nascimento, de batismo, de morte e de ressureição o trabalho aproxima subjetividade do fluxo eletrônico do vídeo com os elementos da natureza, o fluxo do curso d’água presente, passado e futuro, árvores, pedras e texturas que denunciam a inter-relação necessária de tudo o que é vivo. O vídeo sintetiza o processo do projeto BELOVED ONES.

19/06
10 - 19h

BBB Johannes Deimling [Alemanha]
“A Rolling Stone Gathers no Moss # 8” (Berlim, Alemanha, 2014)
“A Rolling Stone Gathers no Moss # 9” (Nantes, França, 2014)
“A Rolling Stone Gathers no Moss # 12” (Rehlovice, República Tcheca, 2014)
“A Rolling Stone Gathers no Moss # 13” (Calgary, Canadá, 2014).
Video Documentation

20/06
10 as 19h

Caetano Dias [Brasil]
Águas
Video, cor,

22/06
10 as 19h

Etienne de France
Exploration of a Failure
HD video, color and stereo, 24’, 2013.

24/06
10 as 19h

Francesca Leoni and Davide Mastrangelo - Con.Tatto [Itália]
Dicotomia
vídeo, cor, duração variável
Dicotomia é a divisão de um elemento em duas partes, em geral contrárias, como a noite e o dia, o bem e o mal, o preto e o branco, positivo e negativo, etc. Com origem no grego dikhotomía, uma dicotomia indica uma classificação que é fundamentada em uma divisão entre dois elementos. Come esse trabalho continua a pesquisa artística de Francesca e Davide sobre a união e contraposição de opostos, na vida, nas relações e dentro de cada um de nos.

25/06
10 as 19h

Cristina Elias [Brasil]
One Minute Diary
vídeo, cor, duração variável
O projeto ONE MINUTE DIARY é uma série de vídeo-performances com duração de um minuto que compõem um diário escrito através de imagens. O texto escrito ou falado forma uma trilha sonora para a narrativa visual. Nesses breves diários, Cristina Elias procura dar forma a pensamentos, ideias, sentimentos, sensações e imagens que durante anos tem descrito e anotado em diversos pequenos cadernos. Uma tentativa de concentrar em um trabalho audiovisual de um minuto, diversas páginas de um diário, diversos dias de uma vida.

26/06
10 as 19h

Cadu
Sketch for Winter
2008
3’

27/06
11 as 17h

Márcia Beatriz Granero

TRIP Paulista
vídeo | cor | estéreo | 5'45'' | Full HD
Depois de uma noite com estranhos sonhos, Jaque Jolene desperta e toma seu café para ingerir alguns psicotrópicos. Sua hesitação surge como convite para um agradável passeio pelas ruas mais movimentadas de São Paulo.

e

Mundum
vídeo | cor | estéreo | 5' | Full HD
Chegando num cenário inusitado, Jaque Jolene desvenda um sentimento desconhecido ao se desapegar de alguns pertences.

29/06
10 as 19h

Luiz Fernando Bueno
Cruzeiro
Vídeo-performance-instalação constituída de quatro vídeos.

01/07
10 as 19h

Guilherme Peters
Tentativa de aspirar ao grande labirinto
vídeo, cor e som
22’10’’

03/07
10 as 19h

Maurício Ianês
O Vazio
2014
vídeo

08/07
10 as 19h

ERRO Grupo
vídeo-documentação

11/07
11 as 19h

Daniel Beerstecher

The Conquest of the Useless (A conquista do inútil)
2014, Video, 7:50min

e

Wie ich meinem Vogel die Welt erkläre
(Como explicar esse mundo para o meu pássaro) 2013, vídeo, 13’56’’

Exposição:

Clara Ianni
Desenho de Classe 3, 4, 5 e 6
2014
desenho em grafite sobre papel vegetal 90 gr
116 x 87 cm (cada) - díptico

Cadu
Migrações (ônibus 23)
2001
grafite sobre papel Hahnemühle 240 gr.

Kevin Simon Mancera
Atlas Geral de São Paulo
Aquarela e tinta sobre papel e desenhos sobre papel Canson 130gr
140 x 205 cm (aquarela) e 29,7 x 21 cm (desenhos)

Maurício Ianês
Estância: Objeto Socializante n.01
2015
Escultura

Marcelo Moscheta
Atacama 28.4-06.05/2012
2013
Desenho à grafite sobre PVC expandido e base de ferro
183 x 125 x 50 cm

Ana Montenegro
Solocomoscas
2015
Performance para câmera
Concepção e ação: Ana Montenegro
Registro: Maurizio Mancioli

Julio Falagán
Power to the People
Instalação
Ao longo da história, a Arte tem estado sempre ao serviço de uns poucos, usando todo o seu potencial para conseguir uns objetivos de doutrinamento e disciplina para com eles. A cultura como entretenimento tem-se democratizado, mas a arte contemporânea continua sendo um privilégio de uma elite ou grupo social mais favorecido, que tem acesso à educação e à possibilidade de adquiri-lo. É um sinônimo de status social, de uma elite escolhida e diferenciada. A instalação Power to the people! do artista espanhol Julio Falagán pretende aproximar e fazer acessível a arte contemporânea e o seu mercado, apagando as barreiras entre a alta e a baixa cultura.

Lançamento Publicação (Tijuana)
09 de julho, das 17 as 21h
Título: Dar é Dar
Autor: Eric Watier
Tradução: Fabio Morais
Coordenação Editorial: Regina Melim
Projeto Gráfico: Maíra Dietrich

VERBO 2015
Mostra de Performance Arte - 11ª edição
16 de junho a 11 de julho, 2015
Performances: 16, 18, 23, 30 de junho, e 2, 7, 9 e 10 de julho
Mostra de filmes e vídeos: 17, 19, 20, 22, 24, 25, 26, 27, 29 de junho, e 1, 3, 4, 8 e 11 de julho
Lançamento: 09 de julho, das 17 as 21h
Galeria Vermelho
Rua Minas Gerais, 350, 012244-010 – São Paulo
11 3138-1520 - www.galeriavermelho.com.br/pt/verbo