Exposies

Marco Paulo Rolla - Movimentos Leves / Amílcar Packer - Grave

DE 23/08/2005 - 26/10/2005 A

 

A Galeria Vermelho apresenta as exposições individuais simultâneas “Grave “ de Amílcar Packer e “Movimentos Leves” de Marco Paulo Rolla. “Elevação Branca” é o nome da obra do artista Tiago Judas que ocupará a fachada durante o período da exposição.

O corpo e suas relações com o espaço, questão recorrente no trabalho de Amílcar Packer (31), aparece nos dois novos vídeos e nas três fotos que o artista apresenta no piso superior da galeria. Dando prosseguimento à sua pesquisa, Packer retrata seu próprio corpo em espaços domésticos, revelando situações para onde o olhar, em geral, não se dirige. Como é de seu procedimento, os trabalhos são fruto de performance do artista, captadas em vídeo e, posteriormente, fotografadas.

No andar térreo, Marco Paulo Rolla (38), apresenta “Movimentos Leves”, exposição composta por três trabalhos que fazem parte de sua produção recente. “Êxtase”, escultura feita em argila de um corpo de mulher, remete aos êxtases religiosos de santa Teresa D’ávila e da Beata Lodovica Albertoni, criadas por Bernini no auge do período maneirista. “Travesseiro”, escultura em pedra sabão, trabalha com a idéia do desaparecimento e da sugestão de uma presença do corpo. No vídeo “Movimentos Leves”, Rolla registra o movimento feito pelo Sol , durante cinco minutos, a partir da fresta de uma janela, deslocando-se por cima de objetos, remetendo ao gênero natureza morta.

Em “Elevação Branca”, de Tiago Judas (26), o branco característico da fachada da galeria é questionado quando se concentra a uma única reta vertical que surge a partir de um objeto do cotidiano.

Lançamento da publicação Cosmograms, uma extensão do trabalho "Seven Minutes before" realizada pelo artista francês Melik Ohanian na XXVI Bienal de São Paulo, em 2004. Cosmograms é um projeto de Ohanian em colaboração com o curador francês Jean-Christophe Royoux. Trata-se de uma reunião de textos realizados com base em entrevistas com autores como Saskia Sassen, Peter Sloterdijk, Tacita Dean, entre outros. A versão brasileira de Cosmograms tem coordenação e distribuição no Brasil de Exo Experimental. O
lançamento é uma parceria de Istmo- arquivo flexível com a EXO Experimental Org.

Amílcar Packer – Formado em Artes Plásticas na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP-SP). Participa, atualmente, da exposição “L’Autre Amérique”, em Paris, França (2005), e “Dor, Forma, Beleza”, na Estação Pinacoteca em São Paulo. Participou de “O Corpo na Arte Contemporânea Brasileira”, no Itaú Cultural em São Paulo (2005), e de “O Retrato como Imagem do Mundo”, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (2005). Integrante, em 2004, da “On Reason and Emotion” - Bienal de Sidnei, na Austrália. No mesmo ano, recebeu o Prêmio Aquisição do 11° Salão da Bahia, MAM-Salvador.

Marco Paulo Rolla –- “Acidental” no Centro de Pesquisas Brasileiras e “Café-da-Manhã”, na Galeria Duplus, ambas em Buenos Aires, Argentina, foram algumas das exposições individuais do artista. Participou das exposições coletivas, “O Corpo na Arte Contemporânea Brasileira”, no Itaú Cultural, em São Paulo (2005), “Flash Right Turn Left”, no Kunstroute Staatsliedenbuurt de Amsterdã, Holanda (2004), “Arte Brasileño em Colecciones Argentinas – ArteBA”, em Buenos Aires, Argentina (2004), “Estratégias Barrocas: Arte Contemporânea Brasileira” no Centro Cultural Metropolitano em Quito, Equador(2004). Obras nas coleções,
Instituto Cultural Itaú – São Paulo, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e Centro Cultural da UFMG – Belo Horizonte.

Tiago Judas – Recebeu os prêmios, Menção Honrosa no “VIII Festival Do Minuto” (2000), e da “Bienal
Internacional De Quadrinhos” do Rio de Janeiro (1993). Participou das exposições, “Filme Fashion” no
Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo (2004), e “Genius Loci – O espírito do Lugar”
Centro Universitário Maria Antônia, em São Paulo (2002).