Exposies

Tiago Judas - Matiz Vertical

DE 01/06/2007 - 30/06/2007 A

 

Em “Matiz Vertical”, instalação que dá título a exposição, Tiago Judas, 28, estabelece uma relação entre o concretismo, movimento surgido nos anos 50, que se baseava no abstracionismo geométrico, e a fragilidade de seu próprio corpo. A instalação é composta por um relevo em madeira que apresenta as características retiradas do concretismo, nas cores verde e vermelho, e por um vídeo, com as mesmas dimensões, no qual o artista redefine, com seu corpo, desenhos no espaço que remetem a formas geométricas, e que ao mesmo tempo, as subvertem.

Em “Painéis de Comando”, o artista cria duas engenhocas em madeira que remetem a cenários de filme B e ao desenho industrial. Em “Caminho Interno”, duas esculturas, no formato de tênis, confundem a passagem na entrada da galeria e apontam para movimentos internos que não pressupõe deslocamento. Além disso, Judas apresenta também, “INFINITO-D”, HQ composto por 10 desenhos onde o personagem principal, Zé, o marceneiro, sai em busca da cadeira perfeita e, conseqüentemente, seu lugar no mundo. Há também “Sangue e Clorofila”, série de quatro aquarelas, e “kipá”, série de 5 esboços transformados em serigrafias. Nelas, Judas coloca sobre o papel sua percepção do espaço mental. O título da série remete apenas ao ponto de apoio do boné sobre a cabeça. Além desses trabalhos, Tiago Judas apresenta, na abertura da exposição, a performance “FUGA COMPLEMENTAR”.

A série de trabalhos que compõem “Matiz Vertical”, todos criados em 2007, revelam a trajetória pessoal de Tiago Judas que se apropria de elementos retirados da história da arte e os mistura com a cultura do HQ e do realismo fantástico.

Tiago Judas (28) – Seleção de Exposições – “3D delivery”, Galeria Vermelho, São Paulo, 2006; “This is not a
love song”, Galeria Vermelho, São Paulo, 2006; “Observatori 2006”, Valencia, Espanha, 2006; “Vizinhos –
conexões entre artistas no Brasil”, Freiraum do Museumsquartier, Viena, Áustria, 2006; “A roupa nova do rei”, Sesc Avenida Paulista, São Paulo, 2005; “O Mergulho”, Grupo Vagos e Duplos,Fórum Social Mundial, Porto Alegre – RS - Brasil