Exposies

Claudia Andujar - Marcados

DE 08/08/2009 - 04/10/2009 A

 

Release

(2009)

A partir de 1973, durante os anos do "milagre brasileiro", o território Yanomami na Amazônia brasileira foi invadido como decorrência da construção de uma auto-estrada na região. A mineração e os garimpos clandestinos proliferaram interferindo na vida das tribos indígenas da região.

No início dos anos 1980, uma equipe de médicos de São Paulo e a fotografa Claudia Andujar foram contratados pelo Ministério  da Saúde para fazer um trabalho de recenseamento e vacinação dessas tribos. Durante o período, Andujar registrou com sua câmera a existência de minúsculas comunidades retratando a situação de saúde de seus habitantes.

Como os Yanomamis não dão nomes às pessoas da tribo, a solução encontrada pela equipe foi numerar cada um dos habitantes criando uma estranha comunidade de famílias, marcando-os com números incompreensíveis em sua cultura. A partir dessas imagens numeradas foram criados os cadastros de identidade dos índios Ianomâmi e, posteriormente, a série Marcados, em 2006. Composta por 14 polípticos, a obra foi apresentada pela primeira na 27ª Bienal de São Paulo (2006), e, depois disso, já participou de várias mostras individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.