Exposies

VERBO 2017

DE 11/07/2017 - 15/07/2017 A

 

(2017)

Mostra anual criada pela Vermelho em 2005, a VERBO chega à sua 13ª edição com a apresentação de ações de artistas brasileiros e estrangeiros selecionados a partir de 220 projetos recebidos entre os meses de dezembro de 2016 e março de 2017. A seleção dos projetos ficou a cargo de Thereza Farkas, diretora de programação da Associação Cultural Videobrasil, de Carolina Mendonça, diretora de teatro e coreógrafa, e do diretor artístico da VERBO, Marcos Gallon. Mendonça e Gallon foram responsáveis também pela escolha da coreógrafa e dançarina Clarissa Sacchelli para a 1ª edição do projeto “Temporada de Dança Videobrasil”.

Com formato interdisciplinar, o projeto busca fomentar aproximações entre dança, performance e artes visuais a partir de um período de imersão e pesquisa no acervo de obras do Videobrasil. O resultado da pesquisa realizada por Sacchelli nos últimos quatro meses será apresentado no Galpão VB, sede do Videobrasil, nos dias 06 e 08 de julho, às 20h, e no dia 15 de julho às 18h30 como parte do programa da VERBO 2017 (lista completa das ações abaixo).

A programação da VERBO 2017 conta ainda com uma mostra de vídeos, organizada por Thereza Farkas, a partir de obras do Acervo Videobrasil. Farkas selecionou 5 trabalhos que dialogam diretamente com o conteúdo dos projetos enviados para a seleção da VERBO 2017, da qual a curadora fez parte. O programa Acervo Vidoebrasil para VERBO 2017 será apresentado na Sala Antonio da Vermelho e contará com obras de Alice Miceli, Rodrigo Cass, Luiz Roque, Akram Zaatari e Tiécoura N’Daou Mopti.
Artistas participantes:

Alexandre D’Angeli (São Paulo/Brazil), Anthony Nestel [Coreografia: Esther Arribas] (Brussels/ Amsterdam), Arnold Pasquier (Paris), Aurore Zachayus (Paris), Bruno Moreno (São Paulo), Carlos Monroy (Bogotá/ São Paulo), Célia Gondol (Paris), Cristian Duarte em Companhia (São Paulo), Dora Smék (São Paulo), Flavia Pinheiro (Recife), Guilherme Peters (São Paulo), Grupo EMPREZA (Brasília/ Goiânia, Rio de Janeiro), Isabella Gonçalves (São Paulo), Janaina Wagner (São Paulo), Julha Franz (Porto Alegre), Jorge Lopes (Américo Brasiliense), Luanda Casella (São Paulo/ Brussels), Maurício Ianês (São Paulo), Mauro Giaconi (Buenos Aires/ Mexico City), Old Masters (Geneva), Pontogor (Rio de Janeiro), Renato Sircilli (São Paulo), Rodrigo Andreolli (São Paulo), Rose Akras (São Paulo/ Amsterdam), Victor del Moral Rivera (Mexico City), Clarice Lima (São Paulo), Julia Viana & Luciano Favaro (São Paulo) and Clarissa Sacchelli (São Paulo)

AGENDA VERMELHO

*11/07

20 às 23H Sala Antonio: Acervo Videobrasil para VERBO 2017: O Corpo Erótico

Alice Miceli (Brasil): Jerk Off 02 – Projeto dízima periódica (2007) 1’47’’

AÇÕES
20 às 23h

Carlos Monroy (Colombia): Re-Formando a Fé: 33 Reformances invisíveis (2015).

Mauro Giaconi (Argentina): Línea Necia (2016).

Victor del Moral (México): Puro rollo, bla, bla, bla ... (to be titled) (2012-2016)

Bruno Moreno, Isabella Gonçalves e Renato Sircilli (Brasil): ninguém (2017)

Grupo EmpreZa (Brasil): Defumação (2014).

Grupo EmpreZa (Brasil): Vila Rica (2009-2017).

*12/07

20 as 23H Sala Antonio: Acervo Videobrasil para VERBO 2017: Auto-imagem

Rodrigo Cass (Brasil): Narciso no Mijo (2006). 6’

AÇÕES

13 às 23h
Carlos Monroy (Colombia): Re-Formando a Fé: 33 Reformances invisíveis (2015)

20 às 23h

Dora Smék (Brasil): Transbordação (2015)

Dora Smék – Transbordação

Jorge Lopes (Brasil): O Falecimento da Escuta (2017)

Julha Franz (Brasil): Mulher-espinho (2017)

Victor del Moral (México): Livro-máscara (2017)

Victor del Moral – Livro-máscara
Flavia Pinheiro (Brasil): Diafragma: dispositivo versão Beta (2014)

*13/07

20 as 23H Sala Antonio: Acervo Videobrasil para VERBO 2017: Trans

Luiz Roque (Brasil): Ano Branco (2013). 6’49’’

AÇÕES

13 às 23h
Carlos Monroy (Colombia): Re-Formando a Fé: 33 Reformances invisíveis (2015)

15 às 23h
Alexandre D’Angeli (Brasil): Vestindo Hiatos (2017)

20 às 23h
Célia Gondol (França): Slow (2014)

Célia Gondol – Slow

Aurore Zachayus (França/ Brasil), Janaina Wagner, Pontogor (Brasil): Mágica (2017)

Arnold Pasquier (França): O amor moderno [Minhocão], (2017).

Anthony Nestel (Bélgica/ Holanda): The Seafroth Knows Neither Pain nor Time [Coreografi: Esther Arribas](2017)

*14/07

Sala Antonio (15 – 23h): Acervo Vidoebrasil para VERBO 2017: Gesto em Relação

Akram Zaatari (Líbano): The End of Time (2013). Video 14’14’’

AÇÕES

13 às 23h
Carlos Monroy (Colombia): Re-Formando a Fé: 33 Reformances invisíveis (2015)

20 às 23h

Rodrigo Andreolli (Brasil): Remote Dance (2017).

Cristian Duarte em Companhia (Brasil): O que realmente está acontecendo quando algo acontece? (2017)
Old Masters (Suiça): Constructionisme (2015)

Old Masters – Constructionisme

Rose Akras (Brasil/ Holanda): Blank (2017)

Luanda Casella (Brasil/ Bélgica): Short of Lying (2017)

Grupo EmpreZa (Brasil): Contrato (2017)

Maurício Ianês (Brasil): Velar (2017)

*15/07

Sala Antonio (11 – 23h): Acervo Vidoebrasil para VERBO 2017: O corpo ritualístico

Tiécoura N’Daou Mopti (Mali): Danse des Masques en Pays Dogon (2014). 9’40’’

*AGENDA GALPÃO VB:
15/07
17H

Julia Viana e Luciano Favaro (Brasil): Exposição rodante solo sul (2017).

Clarice Lima (Brasil): Coreografia (2016).

Jorge Lopes (Brasil): O Falecimento da Escuta (2017).

Clarissa Sacchelli (Brasil): Boas Garotas (2017).
Boas garotas investiga relações entre vídeo e performance, entre público e trabalho artístico, explorando o erotismo como modo de questionar e excitar as ligações entre ver e ser visto.
De Clarissa Sacchelli em colaboração com Carolina Callegaro, Luisa Puterman e Renan Marcondes.
*Temporada de Dança Videobrasil

Conversa aberta ao público com Clarissa Sacchelli e Isabelle Danto, curadora do Centro Georges Pompidou, mediada por Carolina Mendonça.

*
A VERBO 2017 tem apoio da Fundação Suíça para a Cultura Pro Helvetia, do Consulado da França em São Paulo, do Institut Français, da Sec. de Relaciones Exteriores, da Agencia Mexicana de Cooperación para el Desarrollo, Forum for Live Art – FLAM, Basis for Live Art – BLA, Mondriaan Fund e Stad Gent.